Cel/Whats: 54-98100-9801

Computer Music

HomeComputer Music

Logic Pro X - Studio One Pro 3.5

Aula 01 Definição de projeto prático que servirá como base para a aplicação das 3 categorias de matérias aplicáveis à grade curricular modelo para todos os cursos de áudio profissionais no Brasil: [1] técnicas (áudio, acústica, gravação, mixagem etc.) / [2] musicais (harmonia, arranjo, composição, transposição etc.) e [3] prática.

Aula 02 Gravação de guias para o projeto. Software e hardware usados ao longo do curso. Definição de setups no estúdio e no domicílio/homestudio do aluno, criação de projeto em DAW, tipos de arquivos e sua importação e exportação. Armazenamento de arquivos do projeto em pastas ou compactados. Tonalidade e divisão do projeto.

Aula 03 Gravação de instrumento-base do projeto. Tipos de microfone quanto à construção e área de captação. Pré-amplificadores em hardware e plugins. Colocação e posicionamento de microfones. Gravação em linha, direct-boxes, cabos, periféricos, revestimento acústico e características de sala.

Aula 04 Mixagem como arranjo de frequências. Tabela das frequências dos diversos instrumentos e sua distribuição na área de tracks da DAW. Mascaramento, fase, e outros fenômenos de frequências. Relação de escalas, melodias, acordes e sua adequação à mixagem. Definição e tipos de Equalização, Panorâmica e Compressão.

Aula 05 Melodia, Harmonia e transversalidade. Como interagem as notas musicais no arranjo. Dissonâncias e sua distribuição em duos, trios e quartetos. Partes da composição musical e seu equilíbrio durante o tempo de uma gravação. Uso do áudio e MIDI na elaboração de arranjos e pré-arranjos. Conversão de áudio para MIDI.

Aula 06 Microfonação de bateria. Aplicação dos tipos de microfones quanto à construção (dinâmicos, condensador e fita) e área de captação (cardióide, hipercardióide etc.). Ambiência e vazamento. Colocação de microfones, distância, regulagem na mesa. Tipos de levadas e suas características sonoras na gravação.

Aula 07 MIDI em software e hardware. Aplicação de MIDI como reforço de áudio. Comandos MIDI programáveis por DAW. Tipos de controladores em teclado, guitarra, baixo e percussão. O app Jam Origin MIDI Guitar e sua interação com DAWs. Conversão de áudio em MIDI para impressão de partituras e tablaturas, que são usadas para gravar áudio.

Aula 08 Composição de formatos e gêneros. Resumo cronológico desde o século 11 até hoje. História da música eletrônica e evolução das composições junto com o sintetizador. O sistema tonal e seus prós e contras. Criação de material de pré-composição e seu uso em projetos comerciais, artísticos e personalizados.

Aula 09 Gravando uma banda. Em estúdio com uma banda, como otimizar o tempo, partindo do arranjo, ensaios individuais e coletivos. Objetivo de show X objetivo de gravação. Gravar junto ou separado: distribuição de músicos no espaço. A figura do “Control Freak”, como lidar com sensibilidade sem afetar o resultado sonoro.

Aula 10 Finalizando o projeto. Mixagem final e masterização. O que deve ser feito para evitar correções na última etapa (masterização) que poderiam ser feitas na primeira (tomada de som). Formas de registro autoral, distribuição digital X mídia física. Lei 9.610/98 e sua real aplicação no Brasil. ISRC – International Standard Recording Code.

NOISE ÁUDIO

NOISE ÁUDIO - PAUTA

Aulas Práticas

1 – O arranjo, começo de tudo: a maioria dos que se auto-intitulam “produtores musicais” tem conhecimento restrito da estrutura de uma composição musical. Nas últimas edições do encontro da AES – Audio Engineering Society no Brasil, se definiu que um curso superior de áudio precisa ter no mínimo 33% de conteúdo musical, matérias de música propriamente dita, como intervalos e escalas, harmonia funcional, contraponto e outros temas.

2 – Organização geral da mixagem: a importância de colocar o formato da composição e a ordenação das pistas a serviço do arranjo, instrumentação popular e de outros gêneros, partes de uma canção e de uma peça instrumental, instrumentos transpositores, agrupamentos de instrumentos em naipes, mix e sub-mix. Maneiras de se iniciar as tomadas de som pela bateria/baixo e outras constituições.

3 – Pan, equalização e compressão: phantom image, psicoacústica, auto-pan, espectro de equalização, filtros, peaking, humming e outros tipos de ruído, plug-ins de redução de ruído, analisador de espectro, compressores X automação de ruído, plug-ins compressores, threshold, limiters, headroom, efeitos com compressores e equalizadores.

4 – Reverber, eco, delay: reflexões naturais, câmara de eco, reverber de mola, reverbers famosos, reverb de convolução, plug-ins de reverber, eco e delay, psicoacústica no delay, andamento X delay, BPM, efeitos com reverbers, ecos e delays.

5 – Finalizando a mixagem: volume e pan, pré-masterização, bounce e outros formatos, stem mixes, monitoração ativa, passiva e via fones de ouvido, a discussão em torno do loudness, Lei de Loudness (EUA), ISRC e outros formatos de registro de autoria e direitos conexos. 

 

Investimento

10 aulas semanais em homestudio de 90 minutos, 5 aulas práticas em estúdio profissional de 120 minutos, 5 horas de aulas online e ainda 20 minutos diários de suporte via Skype, Messenger e outros aplicativos durante o período do curso.

R$ 1.000,00, parceláveis em até 3 vezes, com 10% de desconto à vista antecipado, em diversas formas de pagamento disponíveis. Consulte opção por mensalidade.

Maiores Informações